Translate

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

A Química e o Antigo Egito



Acredita-se que a palavra química se originou do egípcio Kemi, que significa "terra negra". Outra hipótese é que essa palavra teria origem na palavra grega CHYMA, que significa: fundir ou moldar metais. A alquimia é a percursora da química. A palavra alquimia vem da expressão árabe "al Khen", a qual tem o significado de "país negro", se referindo ao Antigo Egito.


Dentre alguns dos conhecimentos químicos que os egípcios conheciam, pode-se destacar o ponto de fusão de metais, como originar ligas metálicas e fundi-las, que poderia ser utilizado em obturações de ouro para os dentes; na vidraçaria, no qual dominavam a produção de vidros coloridos; na perfumaria, maquiagem e cosméticos; na tinturaria( acho válido ressaltar este artigo: http://quiprona.wordpress.com/2010/07/09/o-misterio-das-cores-do-egito/); no uso de gesso; para fins medicinais e misturas simples, os egípcios utilizaram de substâncias químicas como o arsênio, o petróleo, o alabastro, o sal e o sílex moído.


Estatua de metal na forma de gato, Museu do Louvre, Paris.


Escultura Egípcia na forma de hipopótamo feita de vidro colorido.





Fontes:
http://quipronat.wordpress.com/2010/07/09/o-misterio-das-cores-do-egito/#comment-2111 http://www.profpc.com.br/Historico_da_quimica.htm#EGITO
http://coqueteldamoda.blogspot.com/2010/11/como-surgiu-maguiagem.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!